Detalhes da Notícia



A partir de 13/04, HB e Hospital da Criança vão permitir acesso de pessoas somente usando máscara de proteção

terça-feira, 7 de abril de 2020 - 02:14:31
A partir de 13/04, HB e Hospital da Criança vão permitir acesso de pessoas somente usando máscara de proteção

A partir da próxima segunda-feira, 13 de abril, o Hospital de Base de Rio Preto (HB), o Hospital da Criança e Maternidade (HCM), o Hemocentro e todas as unidades do complexo Funfarme irão permitir o acesso às suas dependências de pacientes, acompanhantes e todas as pessoas que somente usem máscara de proteção.

A pessoa precisa chegar ao hospital portando sua própria máscara, de preferência, confeccionada com tecido, ressaltam os diretores da instituição. Eles pedem a compreensão da população desta medida, adotada visando a saúde e bem estar de todos, colaborando para evitar a disseminação do coronavírus covid-19.

“É fundamental que pacientes, acompanhantes e público em geral utilizem a máscara de proteção, com dupla camada de tecido. Queremos proteger tanto a pessoa que chega aos nossos hospitais e demais unidades quanto nossos profissionais e pacientes”, afirma Dr. Jorge Fares, diretor executivo da Funfarme.

A medida tomada pelo complexo hospitalar reforça a orientação do Organização Mundial de Saúde e do Ministério da Saúde divulgada no início do mês para que todas as pessoas, independentemente de idade, usem máscara de proteção.

A diretora administrativa do Hospital de Base, Dra. Amália Tieco, lembra que a possibilidade de transmissão do vírus é grande, sobretudo, no ambiente hospitalar. “Natural que pessoas com problemas respiratórios graves, causados não só pelo covid-19, mas também por H1N1 e outros vírus, buscam atendimento nos hospitais, portanto, o cuidado deve ser redobrado para quem está no hospital”, declara Dra. Amália.

Mais de 9.000 pessoas passam por dia pelo complexo formado pelo HB, HCM, hemocentro e demais unidades. Só de funcionários, são mais de 6.000. “Numa área muito restrita, é uma concentração de pessoas equivalente à população de muitas cidades de nossa região. Por isso, o uso da máscara de proteção por todos, sem exceção, é fundamental”, ressalta a diretora do HB.